Vem chegando o verão… hora de reforçar o combate ao Aedes

Com as temperaturas em elevação, os focos de transmissão do mosquito causador da dengue, chikungunya, zika e febre amarela tendem a aumentar em todo o País. Por isso, é preciso redobrar a vigilância, para evitar que os focos do mosquito virem criadouros do Aedes aegypti.

Como se trata de um mosquito doméstico grande parte dos criadouros está dentro de casa e perto do homem.  Por isso, é preciso monitorar objetos e utensílios que possam acumular água. Como o Aedes gosta de colocar os ovos nas paredes de criadouros com água limpa e parada, é importante fazer uma boa desinfecção com água sanitária (hipoclorito de sódio com concentração de cloro ativo entre 2,0% e 2,5%). O poder do cloro no combate de possíveis criadouros do Aedes aegypti já foi comprovado cientificamente.  O produto também é capaz de matar a maior parte de germes e bactérias causadores das doenças transmitidas pela água contaminada das enchentes, como leptospirose, hepatites do tipo A e E e gastroenterites.

 

Confira os cuidados básicos e simples que ajudam a combater o mosquito.

  • Checar semanalmente as calhas e lajes, fazendo a limpeza quando necessário;
  • Limpar os pratinhos das plantas e colocar areia para evitar acúmulo de agua;
  • Manter baldes e garrafas viradas com a boca para baixo (isso evita que o mosquito coloque suas larvas no interior dos recipientes);
  • Tampe os toneis e caixas d’água;
  • Mantenha as lixeiras cuidadosamente tampadas;
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *