Cientistas desenvolvem potente antiviral contra a dengue

Segundo informações do site da OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde), a dengue é uma ameaça global, apresentando grande crescimento no número de casos nas últimas décadas. Aproximadamente metade da população mundial corre o risco de contrair a doença. A incidência maior dos casos da dengue se concentra nas regiões de climas tropicais e subtropicais, sendo…

Saiba porque a primavera favorece reprodução do Aedes

Com a chegada da primavera, no próximo dia 22 deste mês, as temperaturas sobem e as chuvas são mais frequentes, aumentando o perigo de água acumulada, ambiente propício para a reprodução do mosquito. Por isso é fundamental redobrar os cuidados principalmente com os vasos de flores e plantas. Uma ou duas vezes por semana, jogue…

5 curiosidades sobre Aedes

O mosquito Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, zika e chikunguya e febre amarela, é um velho conhecido no Brasil, desde o período colonial. Confira abaixo cinco curiosidades sobre esse vilão: ● O Aedes aegypti está presente em quase todo continente Americano, com exceção do Canadá e do Chile, que estão livres do vetor…

Método Wolbachia reduz em 70% casos de dengue em Niterói

O município de Niterói, no Rio de Janeiro, registra redução de cerca de 70% dos casos de dengue, 60% de chikungunya e 40% de zika nas áreas onde foram liberados mosquitos Aedes aegypti infectados com a bactéria Wolbachia, segundo dados divulgados no fim de agosto pelo Método Wolbachia, iniciativa do World Mosquito Program (WMP) conduzida…

Pesquisadores da UNESP descobrem novas substâncias eficazes contra o Aedes

O aumento no número de casos de dengue no Brasil nos últimos meses e a falta de alternativas eficazes para mitigar a disseminação da enfermidade, levaram a mobilização dos cientistas do Instituto de Química (IQ) da Unesp, em Araraquara, a buscar soluções para eliminar as larvas do mosquito causador da dengue, zika, chikungunya e febre…

Cientistas descobrem como inativar visão do Aedes e evitar picada

Pesquisadores da Universidade de Santa Barbara, na Califórnia, desenvolveram estudo para entender como as fêmeas do Aedes aegypti usam a visão para reconhecer humanos. Eles descobriram que com a inativação dos receptores de luz dos olhos do mosquito transmissor da dengue, eles perdem a capacidade de reconhecer alvos escuros. O estudo é um dos primeiros…