Ministério da Saúde: Brasil tem mais de 30 mil casos de dengue em 2020

Nas primeiras semanas de janeiro, foram notificados 30.763 casos prováveis de dengue no país (taxa de incidência de 14,6 casos por 100 mil habitantes), segundo levantamento mais recente divulgado pelo Ministério da Saúde. Os dados referem-se ao período de 29 de dezembro de 2019 a  18 de janeiro de 2020.

Segundo o boletim do Ministério da Saúde, “a partir de 2020 a incidência dos casos de dengue retorna ao canal endêmico.”

A região Centro-Oeste é a que apresenta maior número da doença: 32,5 casos para cada 100 mil habitantes,  seguida  pelas regiões Sul, com  28,86 casos por 100 mil habitantes; Sudeste (15,1 casos/100 mil habitantes), Norte (10,6 casos/100 mil habitantes) e Nordeste (2,68 casos/100 mil habitantes).

Foram confirmadas 5 mortes por dengue no período, segundo o Ministério da Saúde.

O Estado de São Paulo concentra 33,4 % dos casos prováveis do país, com 10.271 casos notificados.

 Chikungunya

No caso de chikungunya, que também é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, foram notificados 959 casos prováveis (taxa de incidência de 0,46 casos por 100 mil habitantes).

As regiões Nordeste e Sudeste apresentam as maiores taxas de incidência, 0,58 casos/100 mil habitantes e 0,52 casos/100 mil habitantes, respectivamente.

O Estado do Rio de Janeiro concentra o maior número de casos prováveis:  28,5 % (274 casos).

Zika

Foram notificados 85 casos prováveis de zika (taxa de incidência 0,04 casos por 100 mil habitantes). A região Norte apresentou a maior taxa de incidência (0,08 casos/100 mil habitantes), em seguida as regiões Centro-Oeste (taxa de incidência 0,07 casos/100 mil habitantes), Nordeste (taxa de incidência 0,06 casos/100 mil habitantes), Sul (taxa de incidência 0,03 casos/100 mil habitantes) e Sudeste (0,02 casos/100 mil habitantes).

A Bahia é o estado com maior número da doença, com 18 casos notificados.

Fonte: Ministério da Saúde

Compartilhar: