Mesmo com o tempo seco, cuidado para evitar o Aedes aegypti deve continuar

 

Nesse período mais seco do ano, marcado pela ausência de chuvas na maior parte do País, os cuidados com a limpeza do quintal e da casa devem ser mantidos para evitar que os ovos colocados pelo mosquito Aedes aegypti em criadouros gerem novas larvas quando voltar a época de chuvas. Por isso, reserve um tempinho durante a semana dar uma geral no quintal, eliminando focos de água acumulada que possam servir para a reprodução do mosquito, como pneus, pratinhos de plantas, restos de matérias de construção, móveis e outros objetos. É preciso limpar ou eliminar recipientes que possam acumular água.

A prevenção é a melhor maneira de combater o mosquito e evitar doenças e epidemias.

A água sanitária é fundamental nesse trabalho de limpeza, pois mata mata as larvas do mosquito transmissor da dengue, chinkungunya e zika vírus.  O poder do cloro no combate de possíveis criadouros do Aedes aegypti já foi comprovado cientificamente.  O produto também é capaz de matar a maior parte de germes e bactérias causadores das doenças transmitidas pela água contaminada das enchentes, como leptospirose, hepatites do tipo A e E e gastroenterites.

A ação do produto é reconhecida pelo Ministério da Saúde (http://combateaedes.saude.gov.br/pt/prevencao-e-combate/indicacoes-agua-sanitaria) e foi comprovada por um estudo do Laboratório de Radiobiologia e Ambiente do Centro de Energia Nuclear na Agricultura – CENA -,  da Universidade de São Paulo (USP).

No caso de plantas uma dica é utilizar a água sanitária na proporção de uma colher de sopa por litro de água, que também pode ser usada para a rega de plantas, particularmente  que acumulam água entre as folhas, como as bromélias. Esta solução não faz mal às plantas e evitará o desenvolvimento da larva do mosquito. Já para as caixas d’água a limpeza deve ser feita a cada seis meses. É importante fechar a entrada de água e esvaziar a caixa d’água quase toda. Deixe sobrar água suficiente para lavar as paredes e o fundo da caixa. Não use produtos de limpeza nessa etapa. Enxágue bem e esvazie toda a água suja, dando repetidas descargas no vaso sanitário. Depois de limpa, encha a caixa novamente e adicione um litro de água sanitária para cada 1.000 litros de água. Espere duas horas e esvazie novamente a caixa, abrindo todas as torneiras, para limpar os canos da casa, até sair água limpa. Depois, encha com água potável e tampe.

 

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *