Inverno: combate ao Aedes não pode parar

O número de casos de dengue neste inverno seco tem disparado em várias cidades do País. Uma das explicações para esse aumento da doença transmitida pelo Aedes aegypti é a negligência das pessoas nos cuidados preventivos por achar, erroneamente, que o ciclo reprodutivo do mosquito é interrompido no inverno.  Não importa a estação do ano, a única maneira de evitar a doença é eliminando os criadouros do mosquito. Por isso, o trabalho de vistoria de quintais, terrenos baldios, estabelecimentos e outros locais, bem como, a busca e eliminação de criadouros do mosquito da dengue deve ser contínuo.

Aedes é um mosquito doméstico, que vive dentro de casa e perto dos seres humanos. Apenas o mosquito fêmea pica – precisa do sangue para amadurecer os ovos-, em geral ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água parada (limpa ou suja), a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados em água e distribuídos por diversos criadouros.

Confira alguns cuidados simples que ajudam a prevenir a dengue:

  • Guarde os pneus em local coberto ou faça furos para não acumular água.
  • Mantenha os tonéis e caixa d’água cobertos e não esqueça de fazer uma limpeza com água sanitária a cada 6 meses.
  • Mantenha as calhas sempre limpas.
  • Deixe garrafas, baldes e vasos de plantos sempre viradas com a boca para baixo.
  • Limpe semanalmente ou encha os pratinhos de vasos de plantas com areia.
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais.
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.
  • Mantenha a lixeira tampada e protegida da chuva. Feche bem o saco plástico.
Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *