Governo antecipa campanha de combate ao Aedes

Para mobilizar a população e garantir que não apareçam novos focos do Aedes aegypti, o Ministério da Saúde lançou a campanha publicitária de combate ao mosquito. O objetivo é conscientizar os gestores estaduais e municipais de saúde e toda a sociedade sobre a importância de se organizarem antes da chegada do período chuvoso no combate ao surgimento de novos criadouros do mosquito. Com o slogan “E você? Já combateu o mosquito hoje? A mudança começa por você”, a campanha começou no dia 12 de setembro, reforçando a necessidade de cada um tomar a iniciativa de proteger a sua casa e de seus familiares contra o Aedes, responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya.

Geralmente, as campanhas ocorriam a partir de novembro, período de maior incidência de chuva e calor em quase todo o país, aumentando o risco de circulação das doenças. Mas este ano a ação foi adiantada para setembro, a fim de dar mais tempo aos gestores locais e a população para desenvolverem ações estratégicas no combate ao Aedes aegypti, de acordo com a realidade de cada região.

“Se cada um tirar 10 minutos por semana, dentro da sua rotina, checar os locais onde o mosquito pode ter depositado ovos e que no contato com água possa nascer mosquitos”, destacou o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber.

Entre as medidas que devem ser incorporadas à rotina estão: olhar ralos, calhas, caixas d’agua, garrafas e suas tampas, pneus, e outros objetos pequenos que possam servir para o mosquito colocar os ovos e ser um criadouro.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *