Dengue cresce 61% e atinge 441 mil casos até 21 de março

Além do avanço do novo coronavírus, a epidemia de dengue está com sua curva ascendente no Brasil. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, até o dia 21 de março foram registrados no país  441, 2 mil casos de dengue, crescimento de 61% ante os 273,2 mil registrados em igual período de 2019. A taxa de incidência é de 209,9 casos de dengue por 100 mil habitantes. Foram confirmados 120 óbitos e outros 188 estão sendo investigados.

Destaca-se que a taxa de letalidade por dengue foi maior entre os idosos a partir dos 60 anos e, dentro dessa categoria, os mais acometidos foram aqueles com 80 anos ou mais, segundo o Ministério da Saúde.

O boletim epidemiológico informa ainda que até 21 de março foram notificados 12.696 casos de chikungunya em todo o Brasil. Os estados com maior concentração da doença são: Espírito Santo, com 22% dos pacientes, a Bahia, 21,4% e Rio de Janeiro, com 19,5%. Foram confirmadas 3 mortes. Permanecem em investigação 18 óbitos por chikungunya.

Durante o período avaliado não foram confirmados óbitos por zika no Brasil.

Fonte: Ministério da Saúde

Compartilhar: