Cuidado! Carros abandonados são criadouro do Aedes

Você sabia que, além de servirem de abrigo para ratos e baratas, automóveis abandonados também são criadouros do mosquito Aedes aegypti? Com o tempo, o acúmulo de sujeira e de água parada acaba sendo a morada perfeita para o transmissor da dengue,  chikungunya e zika.

Segundo reportagens publicadas no ano passado pelos portais G1 e Uol, a prefeitura da cidade de São Paulo recebeu cerca de 10 mil solicitações para remoção de carros abandonados nas ruas. Para se ter uma ideia do tamanho do problema para a saúde, em 2019 foram removidos em torno de 2.500 veículos e em 2020, de janeiro a agosto, 1.137.

Na cidade de São Paulo, a legislação proíbe que o carro fique parado por mais de cinco dias no mesmo local. O veículo pode ser rebocado e o proprietário ainda paga uma multa pesada para reaver o veículo.

Para evitar a proliferação das doenças causadas pelo Aedes é importante que a população ajude a denunciar os veículos abandonados. Em São Paulo, basta ligar para o telefone 156 ou enviar mensagem para o SAC (Serviço de Atendimento Online).  Em outras cidades brasileiras, a dica é ligar para a prefeitura ou para o Detran.

Compartilhar: