Como saber as diferenças entre os sintomas da covid-19 e das doenças causadas pelo Aedes aegypti?

Verão é a uma estação propícia para propagação de doenças causadas pelo Aedes aegypti. Pois, nesta época, as temperaturas são mais elevadas, o que encurta o ciclo reprodutivo do mosquito, e as chuvas aumentam, facilitando o acúmulo de água parada. Porém, com a alta também dos casos de covid-19 no País, fica mais difícil saber como diferenciar os sintomas de cada doença. Por isso, confira abaixo as principais características das enfermidades:

  •  A dengue se caracteriza por febre acima dos 38º, com duração de 4 a 7 dias, acompanhada de dores moderadas nas articulações, cansaço e, ainda, podem surgir manchas vermelhas no quarto dia da doença;
  •  Chikungunya tem como principais sintomas fortes dores nas articulações, estado febril (38,5º em média), podendo surgir manchas pelo corpo nos primeiros dias e vermelhidão nos olhos;
  • No caso da zika, os pacientes costumam sentir coceira e apresentar manchas vermelhas nas primeiras 24 horas, e, em alguns casos, vermelhidão nos olhos, além de dores mais leves nas articulações, em comparação a outras doenças provocadas pelo Aedes; grávidas devem tomar cuidado maior na prevenção, por conta da má formação de feto que doença pode causar, levando à microcefalia;
  • apesar de ser assintomático em alguns casos, os sinais mais comuns do coronavírus são parecidos com o da gripe, como febre, dor de cabeça, dor de garganta, dores no corpo, cansaço, coriza, falta de ar e alteração no paladar; em caso de ocorrência de febre alta e persistente com tosse acompanhada de desconforto respiratório, a orientação é procurar atendimento médico.

Compartilhar: