Em tempo de coronavírus, 31% dos brasileiros acham que a doença deixou de existir

Após dois anos de pandemia, 31% dos brasileiros acreditam que a dengue deixou de existir. A constatação foi feita pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), por meio de uma pesquisa com 2 mil pessoas, com objetivo de levantar informações sobre educação, prevenção e conhecimentos da doença.  O estudo mostra que 22% dos entrevistados acreditam que…

Modelo matemático pode prever surtos de dengue por meio de dados meteorológicos

Pesquisa realizada pelo Impa (Instituto de Matemática Pura e Aplicada), publicada recentemente na revista Expert Systems With Applications, mostra que é possível prever um grande surto de dengue a partir de dados meteorológicos. Essas informações podem simplificar a vida de muitas cidades, que conseguirão se preparar para o problema com até seis meses de antecedência. …

Você conhece o Aedes aegypti?

O Aedes aegypti vive dentro de casa, voa baixinho – não costuma passar de  1m de distância do solo – tem listras brancas e pretas gostar de picar suas vítimas nas primeiras horas da manhã. Ele consegue se locomover através de elevadores e escada, por isso, se você morar em prédio ou casa de dois…

Medidas preventivas ajudam a combater focos do mosquito no verão

Durante o verão, a  infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya, zika e febre amarela, é mais intensa. O calor e as pancadas de chuvas frequentes nessa época do ano favorecem a reprodução mais rápida do mosquito. Segundo dados do Ministério da Saúde, mais de 500 cidades brasileiras, estão em estado de alerta…