Coronavírus é grave, mas Aedes também mata. Fique de olho!

Após a Organização Mundial da Saúde (OMS)  ter  declarado pandemia do coronavirus , as atenções todas estão voltadas para  o avanço  da doença.  Mas  é importante não deixar de lado ou minimizar os cuidados  para evitar o Aedes aegypti, o transmissor da dengue, chikungunya e zika. O Aedes também mata! 

É possível pegar coronavírus e dengue ao mesmo tempo?

A morte de um homem de 35 anos na Tailândia por Covid-19 após ter sido testado positivo para dengue chamou a atenção de especialistas da área de saúde.  A possibilidade de coinfecção (dupla contaminação) é algo raro e, caso ocorra, pode ser tratada após o diagnóstico correto, segundo reportagem do portal G1.

Combate ao Aedes no carnaval: cuide de garrafas e latinhas

O carnaval está chegando e é época de festa e diversão. Nesse verão, nada melhor do que curtir os bloquinhos com o corpo hidratado, não é mesmo? Mas é aí que mora o perigo: garrafas plásticas e de vidro, latinhas e copos podem se tornar o criadouro perfeito para o Aedes aegypti, especialmente com as chuvas de verão. Por isso, nesse carnaval não deixe  recipientes  de bebida dando sopa para o mosquito.  

Casos de dengue nas Américas superam 3 milhões em 2019

Os países e territórios das Américas notificaram mais de 3 milhões de casos de dengue em 2019, o maior número registrado na região até agora, de acordo com a mais recente atualização epidemiológica da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).