Casos de chikungunya crescem mais que os de dengue

em

De acordo com o último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, foram contabilizados 25.535 casos de chikungunya no País, aumento de 12% comparado ao boletim anterior, divulgado em abril. O número equivale a uma taxa média de incidência de 12,2 casos por 100 mil habitantes. Foram registrados cinco mortes. O estado mais atingido pela doença é Espírito Santo, respondendo por um terço dos casos ( 34%)

No mesmo período, o Brasil registrou 676.928 casos de dengue, aumento de 5,8% ante o boletim anterior, ou seja, 322,1 casos por 100 mil habitantes. Foram registradas 265 mortes por dengue.A maioria das vítimas (58%) tinha mais de 60 anos. A região mais atingida foi a Centro-Oeste, com incidência de 800,3 casos por 100 mil habitantes, seguida pela região Sul, com 775,3 casos por 100 mil habitantes.

No caso da zika, cujos dados referem-se ao período janeiro até 25 de abril, foram registrados 2.545 casos prováveis. Com a taxa de incidência de 1,2 casos de pôr 100 mil habitantes no país.

Compartilhar: